Mon, 25 de Oct de 2021

Cmara aprova valor fixo para cobrana do ICMS para combustveis

A proposta foi aprovada por 392 votos a favor, 71 contra e 2 abstenes. O texto segue agora para anlise do Senado.

14/10/2021 09h15
Mais Gois
(Foto: Cleia Viana)

O plenário da Câmara aprovou na noite desta quarta-feira (13) um projeto de lei que estabelece um valor fixo para a cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre os combustíveis. A proposta foi aprovada por 392 votos a favor, 71 contra e 2 abstenções. O texto segue agora para análise do Senado.

O substitutivo do relator, deputado Dr Jaziel (PL-CE), obriga estados e o Distrito Federal a especificar a alíquota cobrada do ICMS de cada produto pela unidade de medida adotada (litro, quilo ou volume) e não mais sobre o valor da mercadoria, como ocorre atualmente. A proposta torna, na prática, o ICMS invariável frente a oscilações no preço dos combustíveis e de mudanças do câmbio.

Pelas estimativas apresentadas pelo relator, as mudanças estabelecidas pelo projeto devem levar a uma redução do preço final praticado ao consumidor de, em média, 8% para a gasolina comum, 7% para o etanol hidratado e 3,7% para o diesel B. “A medida colaborará para a simplificação do modelo de exigência do imposto, bem como para uma maior estabilidade nos preços desses produtos”, disse o parlamentar.

Cálculo

Atualmente, o ICMS incidente sobre os combustíveis é devido por substituição tributária para frente, sendo a sua base de cálculo estimada a partir dos preços médios ponderados ao consumidor final, apurados quinzenalmente pelos governos estaduais. As alíquotas de ICMS para gasolina, por exemplo, variam entre 25% e 34%, dependendo do estado.

No novo cálculo, as alíquotas serão definidas pelos estados e Distrito Federal para cada produto a partir da unidade de medida adotada, no caso o litro para os combustíveis. As alíquotas específicas serão fixadas anualmente e vigorarão por 12 meses a partir da data de sua publicação, mas não poderão exceder, em reais por litro, o valor da média dos preços ao consumidor final usualmente praticados no mercado considerado ao longo dos dois exercícios imediatamente anteriores, multiplicada pela alíquota ad valorem (percentual fixado em lei que será aplicado sobre a base de cálculo do tributo ) aplicável ao combustível em 31 de dezembro do exercício imediatamente anterior.

Mais Acessadas da Semana
Mais Acessadas
TOP 10
Confira as 10 mais tocadas dessa semana
udios
Jornal do Meio Dia - 22.10.2021
Prefeito Aleomar autoriza construo de CMEI no setor Cidade Nova
Jornal do Meio Dia - 22.10.2021
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 21.10.2021
Escola Municipal Santo Antnio realiza Dia D da Leitura
Jornal do Meio Dia - 21.10.2021
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 20.10.2021
Eleio do Conselho Municipal do Idoso ser realizada nesta quinta-feira (21)
Jornal do Meio Dia - 20.10.2021
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 19.10.2021
Candidato eleio da OAB comenta sobre propostas da Chapa 5
Jornal do Meio Dia - 19.10.2021
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 18.10.2021
Apae inicia venda de ingressos para 8 Galeto com Massa
Jornal do Meio Dia - 18.10.2021
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 16.10.2021
Mastologista comenta sobre a importncia da preveno ao cncer de mama
Jornal do Meio Dia - 15.10.2021
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 14.10.2021
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 13.10.2021
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 11.10.2021
Projeto Bike Terapia necessita de doaes de peas e bicicletas usadas
Anterior Proximo