Tue, 11 de Aug de 2020

Justiça derruba rodízio do comércio em Goiânia; varejo pode abrir as portas

Volta a valer o decreto 1.187/2020, que autorizou a abertura de shoppings, galerias e comércio varejista no geral

02/07/2020 18h39
Mais Goiás

O decreto do prefeito Iris Rezende (MDB) que estabelecia o revezamento entre fechamento e abertura do comércio de Goiânia a cada intervalo de 14 dias acaba de cair. A decisão é da juíza Jussara Cristina de Oliveira Louza, da terceira Vara da Fazenda Pública Municipal. A liminar determina que volte a valer o decreto 1.187/2020, que, entre outras medidas, autoriza o funcionamento de galerias comerciais, shopping centers e varejo de modo geral.

Na avaliação da juíza, o decreto que determina o revezamento entre a abertura das atividades em Goiânia impõe severo ônus aos trabalhadores, comerciantes e empresários, impedindo-os de desempenhar suas atividades e de tirar o seu sustento, “após grandes investimentos feitos para retomada do trabalho com a compra de equipamentos de proteção”.

A juíza afirma que a flexibilização das regras para abertura do comércio em duas etapas, marcadas para 22 e 30 de junho, estava pautada em estudos e protocolos de abertura propostos pelas principais autoridades sanitárias do mundo, “o que reforça a falta de embasamento técnico para imposição, de forma revezada, da abertura”.

Em sua decisão, a juíza afirma ter consultado a Secretaria de Saúde a respeito a disponibilidade de leitos públicos de UTI para atendimento de pacientes com coronavírus e constatado que 25% ainda estão vazios. Diz também que, na rede particular, este percentual é de 20%.

“O Decreto Municipal no 1.187/2020, que autorizou a reabertura de setores da iniciativa privada, já previu uma série de medidas a serem tomadas na prevenção da disseminação da doença, como uso obrigatório de máscaras, fornecimento de álcool em gel em todos os estabelecimentos, número reduzido de funcionários e clientes, dentre outros”, argumenta a juíza.

A liminar foi requerida pela Fecomércio e pelo Sindilojas.  

A versão impressa do Jornal Verde Vale é veiculada às sextas-feiras. Para quem não conseguiu garantir a leitura no fim de semana ou deseja indicar o conteúdo a outras pessoas, é disponibilizada a versão on-line, sempre na terça-feira seguinte a publicação.

Anterior Proximo
Mais Acessadas da Semana
Mais Acessadas
Enquete
Ver Resultado
áudios
Jornal do Meio Dia - 11.08.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 11.08.2020
Diretoria do Mineiros Esporte Clube (MEC) descarta participação no Campeonato Goiano da Terceira Divisão neste ano
Jornal do Meio Dia - 10.08.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 10.08.2020
Após Ação Civil Pública, Famp comunica a suspensão do retorno das aulas presenciais
Jornal do Meio Dia - 07.08.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 07.08.2020
Faeg entra com ação direta de inconstitucionalidade em prol do produtor rural
Jornal do Meio Dia - 07.08.2020
Após impasse entre Obras Sociais da Diocese de Jataí e a Prefeitura de Mineiros, funcionários das creches filantrópicas recebem salários atrasados hoje
Jornal do Meio Dia - 06.08.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 05.08.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 05.08.2020
Projeto do Executivo Municipal que altera regras do MineirosPrev deve ser votado na próxima terça-feira
Jornal do Meio Dia - 04.08.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 04.08.2020
Colheita da segunda safra de milho em Mineiros já atinge 80%, diz diretor do Sindicato Rural de Mineiros
Jornal do Meio Dia - 30.06.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 30.06.2020
Rede municipal de ensino de Mineiros obtém bom desempenho em estudo que mapeia boas práticas de redes no ensino fundamental
Jornal do Meio Dia - 29.06.2020
Alexandre Garcia
Anterior Proximo