Thu, 02 de Jul de 2020

Fernanda Montenegro: 'Acho que o vírus veio como um castigo celeste'

02/06/2020 13h25
Veja Rio
Foto - Divulgação

O que Fernanda Montenegro está pensando da fase tenebrosa que o país – e o mundo – está passando? Quais suas expectativas para quando a pandemia do coronavírus acabar? A atriz está em quarentena com a família, em Petrópolis, e deu seu primeiro depoimento durante o isolamento lá mesmo, no sítio, para o genro, o cineasta Andrucha Waddington. A entrevista para o Canal Brasil será exibida em duas edições do “Cinejornal”: a primeira delas nesta terça-feira (2), às 21h50, e a segunda na quinta-feira (4), às 19h45.

Fernanda conta como está lidando com a rotina atípica e, quando perguntada sobre o futuro dos artistas e das artes, desabafa: “Não sei, só sei que não vou me acalmar. Se eu ainda tiver raciocínio e força, estarei em ação. É uma ambição minha”. Durante o papo, ela reforça a importância das artes e diz que não existe sociedade sem artista. “Sem a cultura das artes, não existe país. Estamos vivendo uma hora muito desbaratinada. Não temos perfil, estamos jogados fora”, explica a entrevistada. VEJA RIO teve acesso à entrevista e selecionou alguns bons momentos da conversa:

Andrucha: Como está lidando com a quarentena?

Fernanda: A cada dia vem a resposta de que é mais um mês, e outro mês. De estar aparecendo uma vacina lá para setembro, outubro. Já estamos há dois meses aqui em Petrópolis. Estamos tentando, cada um de nós, a seu modo, criar alguma coisa pela internet. Algum diálogo, algum trecho, poema. Enfim, a gente tem que começar a produzir dentro desse sistema terrível e trágico no qual a gente está vivendo. E, também, há um sentimento de culpa, porque alguns de nós, por exemplo, como eu, está aqui, em uma casa. Graças a Deus. Mas a maioria não tem. E não porque a gente não pague todos os impostos que tem que pagar, não que a gente não tente dar o voto da gente para um político que a gente acredita que vai resolver muita coisa da nossa vida. Passam-se os anos e ninguém resolve nada, continuamos com milhões de desempregados. Isso antes do vírus. Eu acho que o vírus veio como um castigo celeste, uma coisa bíblica. Enfim, é difícil falar sem a gente se envolver também do ponto de vista social, humano. Não sei, mas é isso, a gente tem que esperar passar isso. É como se fosse um dilúvio, essa barca tem que chegar a algum lugar. Deverá chegar. E que chegue com um pouco mais de justiça social, por exemplo.

Andrucha: Qual o futuro das salas de cinema?

Fernanda: Nós deveremos renascer, as salas vão renascer. Tenho quase um século de vida, sou de um tempo em que o cinema, o prédio, a sala, mudava de programação três vezes por semana e lotava. Há uma outra era de ciência e tecnologia. Nós fazemos parte dessa transição, a nossa época faz parte dessa transição. Então, deveremos sim encontrar uma outra linguagem, uma outra maneira da gente se fazer conhecer através dessa arte cinematográfica.

Andrucha: O que devemos fazer diante dessa crise?

Fernanda: Não podemos sentar. Não é só uma esperança votiva, tem que ser uma esperança ativa. Somos vocacionados. Não sabemos como resolver isso, a não ser indo a luta. Então, o que for, de que maneira for, buscando a linguagem que for. E, tudo passa, também. Essa tragédia vai passar. O que estamos vivendo não é só um vírus, estamos vivendo diversos vírus. E, talvez, o maior seja o vírus titular. Entenda quem quiser.

A versão impressa do Jornal Verde Vale é veiculada às sextas-feiras. Para quem não conseguiu garantir a leitura no fim de semana ou deseja indicar o conteúdo a outras pessoas, é disponibilizada a versão on-line, sempre na terça-feira seguinte a publicação.

Anterior Proximo
Mais Acessadas da Semana
Mais Acessadas
Enquete
Ver Resultado
áudios
Jornal do Meio Dia - 30.06.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 30.06.2020
Rede municipal de ensino de Mineiros obtém bom desempenho em estudo que mapeia boas práticas de redes no ensino fundamental
Jornal do Meio Dia - 29.06.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 29.06.2020
Vazio sanitário da soja em Goiás começa nesta quarta-feira (1º)
Jornal do Meio Dia - 26.06.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 26.06.2020
CDL de Mineiros intensifica campanha de conscientização sobre os cuidados durante a pandemia do Coronavírus
Jornal do Meio Dia - 25.06.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 24.06.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 24.06.2020
Deputado Federal José Mário Schereiner participa da Cerimônia de Lançamento do Plano Safra
Jornal do Meio Dia - 23.06.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 22.06.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 19.06.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 18.06.2020
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 18.06.2020
Mineiros possui dois casos confirmados de óbitos por Covid 19, e um terceiro em investigação
Jornal do Meio Dia - 17.06.2020
Alexandre Garcia
Anterior Proximo