Sun, 19 de May de 2019

Assassinos planejaram massacre em escola de Suzano por mais de um ano, aponta investigação

Computadores foram apreendidos na lan house onde os amigos assassinos costumavam jogar videogame

14/03/2019 11h03
Por Renata Ribeiro, Filippo Mancuso, Fábio Turci, Kleber Tomaz, Thiago Lavado e Altieres Rohr, Bom Dia SP e G1 SP
Mensagem em fórum na Deep Web ? Foto: TV Globo/Reprodução

Os assassinos que mataram oito pessoas e depois se mataram na quarta-feira (13) durante o massacre numa escola de Suzano, região metropolitana de São Paulo, planejaram o crime por mais de um ano, apontam as investigações preliminares da Polícia Civil. Outras 11 pessoas ficaram feridas, duas em estado grave.

Ainda de acordo com os policiais, Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, e Luiz Henrique de Castro, 25, pretendiam matar mais pessoas do que as 13 vítimas fatais do massacre de Columbine, ocorrido em 1999 nos Estados Unidos. Em abril, esse crime completará 20 anos.

A polícia de Suzano investiga o caso para tentar esclarecer as reais motivações que levaram Guilherme e Luiz entrarem armados na Escola Estadual Raul Brasil e atirarem e golpearem com machado alunos e funcionários. Antes, um deles matou o tio numa loja. Após a matança, os assassinos, que eram alunos da escola, morreram. Segundo a polícia, Guilherme atirou em Luiz e depois se suicidou com a chegada da Polícia Militar (PM).

Pistas: games, música, caderno, fotos e fórum na web

Os indícios que levam a investigação a crer que a chacina foi premeditada são games de tiros, anotações sobre táticas do jogo. Algumas anotações estão em dois cadernos encontrados no carro dos criminosos. Num deles há o desenho de uma arma. Guilherme chegou a postar fotos ameaçadoras na internet momentos antes do crime. Ele aparece armado e com uma máscara de caveira numa das imagens.

A polícia também investiga a possibilidade de a dupla de assassinos ter frequentado um fórum intitulado Dogolachan na Deep Web, uma internet considerada obscura na qual pessoas anônimas incitam crimes de ódio e intolerância. “Muito obrigado pelos conselhos e orientações. Esperamos não cometer esse ato em vão”, teria escrito um dos assassinos dois dias antes do massacre em Suzano.

Um dos amigos dos criminosos foi ouvido pela polícia na noite de quarta e contou que soube da intenção da dupla em fazer o atentado. Só não sabia quando seria. Os investigadores já ouviram 20 pessoas no total, entre pessoas próximas aos assassinos e vítimas deles.

Plano: ser maior do que Columbine

Além de terem suspeitas de que Guilherme e Luiz planejaram o crime há mais de um ano, os policiais acreditam ter elementos para descobrir outras peças desse quebra-cabeça para ajudar a entender a motivação do crime. Computadores foram apreendidos na lan house onde os amigos assassinos costumavam jogar videogame.

Investigadores também já sabem que os dois fizeram pesquisas sobre atentados em escolas nos Estados Unidos. Pretendiam, por exemplo, fazer um ataque maior do que o massacre de Columbine, em Littleton, no estado americano do Colorado, em 1999, quando Eric Harris, de 18, e Dylan Klebold, 17, mataram a tiros 12 colegas e uma professora antes de se suicidarem na escola. Outras 24 pessoas ficaram feridas. No massacre de Suzano, Guilherme e Luiz mataram cinco alunos da Raul Brasil e dois funcionários.

Antes de a dupla entrar na escola, o adolescente ainda matou seu tio no lava-jato em Suzano onde ele era dono. Morreram os alunos Caio Oliveira, 15; Cleiton Ribeiro, 17; Douglas Murilo Celestino, 16; Kaio Lucas da Costa Limeira, 15; e Samuel Mequíades, 16. Também perderam a vida, a funcionária ; e Eliana Regina de OIiveira Xavier, 38; e a coordenadora pedagógica Marilena Umezu, 59. O empresário Jorge Antonio de Moraes, tio de Guilherme, foi o primeiro alvo. Segundo policiais, ele teria sido morto pelo sobrinho por ter descoberto o plano da dupla em matar os alunos na escola.

 

A versão impressa do Jornal Verde Vale é veiculada às sextas-feiras. Para quem não conseguiu garantir a leitura no fim de semana ou deseja indicar o conteúdo a outras pessoas, é disponibilizada a versão on-line, sempre na terça-feira seguinte a publicação.

Anterior Proximo
Mais Acessadas da Semana
Mais Acessadas
Enquete
Ver Resultado
áudios
Jornal do Meio Dia - 17.05.2019
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 17.05.2019
17º Costelão do Rotary será realizado neste domingo em Mineiros
Jornal do Meio Dia - 17.05.2019
Deputado federal José Mário Schreiner participa de palestra no fim do mês em Mineiros
Jornal do Meio Dia - 16.05.2019
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 16.05.2019
5º Arraial da Família Geração Saúde será realizado no próximo dia 1º em Mineiros
Jornal do Meio Dia - 16.05.2019
Caminhada em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Infantil será realizada em Mineiros
Jornal do Meio Dia - 15.05.2019
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 15.05.2019
Prazo de candidatura para a eleição de conselheiros tutelares de Mineiros seguem até o próximo dia 24
Jornal do Meio Dia - 15.05.2019
Palestra sobre boas práticas de manipulação de alimentos será realizada nesta sexta-feira em Mineiros
Jornal do Meio Dia - 14.05.2019
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 14.05.2019
Festa do Carreiro acontece nesse fim de semana em Portelândia
Jornal do Meio Dia - 14.05.2019
Devido à paralisação nacional, escolas estaduais de Mineiros não terão aula amanhã
Jornal do Meio Dia - 13.05.2019
Alexandre Garcia
Jornal do Meio Dia - 13.05.2019
Curso de Medicina da Unifimes realiza atendimento para a população nesta quarta-feira
Jornal do Meio Dia - 13.05.2019
Festival "A Voz do Estudante" será promovido neste fim de semana em Mineiros
Anterior Proximo