Seg, 19 de Fev de 2018

STF deve restringir uso de auxílio-moradia por juízes

A ministra Cármen Lúcia avisou entidades da magistratura que deve colocar o assunto em pauta no plenário durante o mês de março

12/02/2018 10h35
Mais Goiás

O STF (Supremo Tribunal Federal) pretende restringir o alcance do auxílio-moradia pago hoje a magistrados de todo o país. Segundo a reportagem apurou, algumas condicionantes devem ser estabelecidas pelos ministros, como, por exemplo, priorizar o benefício a juízes que trabalham fora de suas cidades ­- seria o caso de um magistrado transferido para Brasília para atuar por um período limitado em algum gabinete de um tribunal superior.

A ministra Cármen Lúcia avisou entidades da magistratura que deve colocar o assunto em pauta no plenário durante o mês de março. A ideia é julgar a liminar do ministro Luiz Fux, de 2014, que autorizou o pagamento no valor de R$ 4.378 a todos os juízes do país. A decisão incluiu inclusive aqueles com casa própria nas cidades onde trabalham.

Uma série de reportagens da Folha de S.Paulo tem mostrado casos de juízes que recebem o auxílio mesmo com imóvel próprio na cidade onde trabalham -somente em Brasília, 26 ministros de tribunais superiores se enquadram nesse perfil.

Em conversas reservadas, ministros do STF criticam a maneira como o montante é pago, sem restrições a quem deve recebê-lo. No Supremo, nenhum deles recebe a ajuda -seis dos 11 ministros utilizam imóvel funcional, entre eles Gilmar Mendes, que possui imóvel próprio em Brasília, conforme mostrou a Folha de S.Paulo.

Nas palavras de um magistrado do tribunal, o pagamento de auxílio-moradia é “claramente inconstitucional”. Entretanto, os ministros do Supremo Tribunal Federal ainda não sabem como resolver a questão como um todo, incluindo os casos dos integrantes de tribunais superiores em Brasília. Por isso, buscam uma solução intermediária, que busque manter o auxílio, mas com restrições.

Cármen Lúcia tem sido cobrada pela base da magistratura, que tenta evitar a perda do benefício. Na semana passada, a Ajufe (Associação dos Juízes Federais do Brasil) pediu ao STF para retirar a ação da pauta. Na petição, argumenta que o processo não está pronto para ser julgado porque falta uma manifestação da entidade.

A versão impressa do Jornal Verde Vale é veiculada às sextas-feiras. Para quem não conseguiu garantir a leitura no fim de semana ou deseja indicar o conteúdo a outras pessoas, é disponibilizada a versão on-line, sempre na terça-feira seguinte a publicação.

Anterior Proximo
Enquete
Ver Resultado
áudios
Jornal do Meio Dia - 16.02.2018
Faculdade Famp realiza aula inaugural no campus 4 da sua unidade de ensino
Jornal do Meio Dia - 15.02.2018
Palestra sobre a Reforma Trabalhista será apresentada no Lions Clube de Mineiros
Jornal do Meio Dia - 15.02.2018
Quase 100 jovens participam do carnaval cristo folia em Mineiros
Jornal do Meio Dia - 06.02.2018
Inscrições para o carnaval cristo folia foram prorrogadas até essa sexta-feira
Jornal do Meio Dia - 02.02.2018
Em visita a Mineiros, Daniel Vilela fala sobre candidatura ao governo de Goiás
Jornal do Meio Dia - 02.02.2018
Fórum do Circuito Pegadas no Cerrado realizado em Mineiros tem encerramento com o balanço positivo
Jornal do Meio Dia - 02.02.2018
Inscrições para cursos profissionalizantes estão abertas em Mineiros
Jornal do Meio Dia - 01.02.2018
MEC promove peneirada nesse fim de semana para categoria Sub-13 e Sub-15
Jornal do Meio Dia - 01.02.2018
Agricultores se reuniram hoje para tratar de certificação orgânica em Mineiros
Jornal do Meio Dia - 01.02.2018
Dirigentes da Comiva acreditam em sucesso da 2ª Feinagro que acontece em meio deste ano
Jornal do Meio Dia - 31.01.2018
Inauguração do Senac em Mineiros tem data marcada
Jornal do Meio Dia - 30.01.2018
Paróquias São Bento e Divino Espírito Santo realizam em fevereiro, o Carna-Folia
Jornal do Meio Dia - 30.01.2018
Palestra sobre certificação orgânica será ministrada gratuitamente em Mineiros
Jornal do Meio Dia - 30.01.2018
Dia de campo da Gintela para produtores rurais será realizado amanhã
Jornal do Meio Dia - 29.01.2018
Continua a interdição parcial da BR-364 na cidade de Alto Araguaia como sistema de Pare e Siga
Anterior Proximo